Septeto Autoral

O projeto com Daniel Murray denominado « Septeto Autoral” compreende a gravação de um álbum musical inédito de música instrumental com composições de Daniel Murray escritas especialmente para uma formação de septeto, e a realização de 3 shows de lançamento desse álbum, seguidos ou precedidos de uma atividade de formação capacitação no formato « bate papo » com o público nas seguintes cidades:

31 de agosto 2020 – São Luis do Paraitinga -SP – Coreto Elpidio dos Santos

02 de setembro de 2020 – pela manhã (10h) Amparo-SP – Fundação São Pedro

02 de setembro de 2020 – no inicio da noite (19h) Socorro-SP – Teatro do Centro Cultural

II. Descrição das ações/atividades

  • –  Gravação, edição, mixagem de som, e fabricação de 1.000 cópias do CD físico “Septeto Autoral” com composições inéditas de Daniel Murray para esta formação.
  • –  O CD fisico será distribuído também digitalmente através de distribuidor digital, o que ampliará ainda mais o acesso ao seu conteúdo.
  • –  3 shows de lançamento com apresentações do “Septeto Autoral” seguidas ou pre- cedidas de uma atividade de formação capacitação no formato « bate papo » com o público.
  • –  Será realizada uma atividade de formação ou capacitação, especialmente dirigida aos alunos do Conservatório Musical de Socorro. Ela compreende uma primeira parte que apresenta o projeto e seu processo criativo, seguida de bate papo com os participantes no formato pergunta-resposta.
  • –  Estímulo à criatividade e à reflexão nos shows e bate-papos com o público.
    – Criação de uma seção no site do artista (danielmurray.com.br) para o projeto com entrevistas, making off e videos registrando a realização do projeto.
    – Captação de imagens em vídeo e registro fotográfico do projeto como um todo.
    – Edição do material filmado para compartilhamento na seção do site do artista dedi- cada ao projeto e nas redes sociais.
    III. Metas
    – Estimulo à criação,

– Divulgação e difusão do repertório instrumental brasileiro,
– Formação de público para a arte, a música e mais especificamente para a música

instrumental.

IV. Potencial e relevância do projeto

A música é um dos setores da economia criativa, pertencentes a área da cultura com atividades que têm as ideias como material principal para gerar valor.
Esse projeto, que envolve a criação e interpretação musical, gravação, edição, mixagem de som, realização de álbum musical, e musica ao vivo tem como um dos seus principais potenciais movimentar essa rede criativa, desenvolvendo-a, para que tenha uma participação cada vez mais ativa na produção cultural paulista e em última instância brasileira.

E indiscutível a relevância do projeto “Daniel Murray- Septeto Autoral” tanto pela qualidade das composições e dos instrumentistas e intérpretes que irão participar dele, como pelos produtos culturais que ele dà origem (CD e os shows). Esse proje- to estimula a criatividade e a reflexão tanto junto aos músicos, como ao público, le- vando a uma melhor compreensão dessa linguagem artística no século XXI. Esse conjunto de fatores determina a pertinência da realização desse projeto.

c) O que será realizado?
I. Concepções e referências artísticas, repertório previsto, especificações técnicas e outras informações pertinentes.
O projeto “Daniel Murray- Septeto Autoral” envolve os seguintes artistas-intérpretes: Luiz Amato (violino), Sarah Hornsby (flauta), Gustavo Barbosa-Lima (clarinete), Adriana Holtz (violoncelo), Pedro Gadelha (contrabaixo), Caito Marcondes (per- cussão), e Daniel Murray, que é o principal artista-intérprete (violão) do projeto, mas também o compositor das obras a serem gravadas.
Esses 7 artistas gravarão tanto o álbum musical objeto desse projeto como farão os shows para seu lançamento, seguidos ou precedidos de um bate papo com o públi- co. Esse último será desenvolvido no formato de perguntas e respostas, abordando temas ligados ao processo criativo tanto das composições, que compõem o álbum, como da interpretação pelos músicos dessas obras. Aspectos mais técnicos como a produção do CD, escolha de estúdio de gravação, a direção musical, o processo de mixagem, etc, poderão ser tratados segundo o interesse do público.

Todas as composições que vão compor o álbum inédito desse projeto são de Daniel Murray, sendo que o repertório previsto é o que segue abaixo:
1- Cauteloso (7min.)
2- Ensimesmada (5min.)

3- Brevidades (12 min.) I- “Ponteado”

II- “Vozes”
III- “Calmaria”
IV- “Outras Vozes” V- “Caboclinhos” VI- “Solar”
VII- “Noturna”

4- Suite imaginária (16 min.) – violão solo (11 cordas) I- Ciranda Imaginária

II- Canção para Mirella

III- …de Gismonti a Diabaté… 5- Canção e Dança (7min.)
6- Choro para Olga (5min.)
7- 14 de Fevereiro (8 min.)

8 – 20 de junho 6′)

9 – Sombra n’agua (5′) participação especial Henrique de Vasconcellos
71 min.