B de Bananal

Itinerância B de Bananal por Marinilda Boulay

A  “B de Bananal” foi premiada pelo ProAC Municípios, para a sua realização em 2020,  e agora  para sua itinerância foi contemplada com uma segunda premiação pelo  Edital Proac Expresso Lei Aldir Blanc através do Governo do Estado de São Paulo, sua Secretaria da Cultura e Economia criativa  e o Governo Federal. 

Marinilda Boulay em instalação da "Itinerância B de Bananal" em um terreiro de secagem de café, cercado por bananeiras.

A exposição on line aqui apresentada de Marinilda Boulay é composta por pinturas sobre tela, madeira, e ferramentas de trabalho usadas no manejo dos bananais como pás, enxadas e ganchos; aquarelas e esculturas em cerâmica.  Para a exposição dentro do Museu, uma instalação circular foi concebida pela artista com obras impressas sobre cetim de mais de 50 artistas convidados na sua grande maioria de estética naïf.

Estas obras assim impressas compõem a “Itinerância” da B de Bananal em 4 Bairros da zona rural da cidade de Socorro-SP.  A primeira exposição itinerante foi instalada no Bairro do Serrote no “Colinas dos Sonhos” do 08 ao 22 de abril, seguindo no mesmo dia para o Bairro da Malacacheta no “Terra dos Sonhos”, ficando ali até 6 de maio, a partir de quando vai ser instalada nas Lavras de Baixo no “Campo dos Sonhos”, permanecendo neste espaço até o 20 de maio, nesta data parte para o  Bairro da Varginha no “Parque dos Sonhos” onde pode ser vista até dia 3 de junho. Esta “Itinerância” está sendo registrada pela videomaker Simone Saul na perspectiva da realização de um curta-metragem em torno do projeto.

A exposição chega no « Museu do Sol » em Penápolis-SP,  no dia 7 de outubro 2021. O Museu do Sol possui o maior acervo de arte naïf da América Latina e conserva a coleção de Iracema Arditi, um dos ícones da arte naïf brasileira. Ele é dirigido por Beto Fernandes.

B de Bananal no Museu Municipal de Socorro -SP - 2020

A exposição física em 2020 aconteceu no Museu Municipal de Socorro-SP aconteceu entre os dias 22 de setembro e o 14 de novembro 2020. Ela continua aqui on line, e mostra a necessidade urgente de sermos agentes de mudanças ambientais, buscando a sustentabilidade, produzindo e consumindo a produção local, parando de queimar, e de derrubar florestas ancestrais, andando mais de bicicleta, plantando muitas árvores  por nós mesmos ou, então, se não temos onde plantar, apoiando as associações que plantam. Assim poderemos ajudar o planeta a se recuperar do aquecimento global e evitar novas pandemias”, diz Marinilda.

Para acessar o clipping com as matérias publicadas em torno desta exposição clique no link abaixo:

PDFClippingB de Bananal

A B de bananal deveria ficar do 22 de setembro ao 14 de novembro 2020 no Museu Municipal de Socorro-SP, mas foi prorrogada até o 28 de novembro 2020.

Apresentamos nos links abaixo as duas lives realizadas nos dias 22 e 24 de setembro 2020 para a abertura da B de Bananal juntamente com a chegada da primavera.

“Esse conjunto de obras busca sua inspiração na viagem da bananeira pelo planeta e sua presença no Brasil, mais especificamente na Ilha do Bananal (Tocantins), onde, segundo a mitologia dos índios Javaés, ela originou para o mundo. Paralelamente, colocamos a banana como símbolo da conscientização da importância de desenvolvermos ações que busquem a preservação do meio ambiente e das comunidades indígenas”, afirma Marinilda Boulay.

Clique nessa imagem para visitar a exposição na "Galeira viva" em meio a um bananal.
Clique nessa imagem para visitar a exposição no Museu Municipal em 2020.

Artistas convidados

AD Silva, Alex Freire, André Cunha, Angela Rosa, Bebeth, Bruno Boulay, Carminha, Célia Gondim, Cesar Lima, Clara de Ro, Con Silva, Cora Azêdo, Dani Vitório, Doni7, Dulce Martins, Edna Alves, Elieth Gripp, Elsa Farias, Gerson Lima, Gildo Xavier, Helena Rodrigues, Helena Vasconcellos, Ivanilson Alves, Ivone Mendes, J. Borges, Joilson Pontes, Jonas Silva, Lidia Leite, Luciana Mariano, Luiz Roberto Lopreto, Luiz Valdo, Luka Fagundes, Lu Maia, Lu Morgado, Marcos Melhado, Maria Carlini, Nalme Alves, Naya, Nelson Urssi, Nilson Olinda Evangelista, Parisina, Patricia Helney, Regina Puccinelli, Rimaro, Rodrigo Silva, Romário Batista, Rosa Mc, Rosângela Politano, Roseli Fontaniello, Samuel Vasconcellos, Sandra Scacassa, Shila Joaquim, Sid Cirilo, Sofia Furlan (artista infantil), Stephanus, Vagner Elias, Vânia Cardoso, Willi de Carvalho, Xavier Roy, Zé.